Gramática à Distância de um Clique

Julho 3, 2008

Palavras variáveis e invariáveis

Filed under: V. Classes de Palavras — Sísifo @ 23:59 pm

          Observemos a seguinte frase:

Este atleta gosta muito da medalha.

          Se colocarmos o sujeito no plural, constatamos que várias palavras (as destacadas a negrito e itálico) sofrem alterações:

Estes atletas gostam muito das medalhas.

          As palavras destacadas e que sofreram alterações designam-se variáveis; as restantes não sofrem qualquer mudança e chamam-se invariáveis. Destas fazem parte as conjunções, as preposições, os advérbios e as interjeições.

          As restantes classes são constituídas por palavras variáveis, ainda que possam também conter uma ou outra palavra invariável.

About these ads

11 Comentários »

  1. porque que as palavras sao variaveis e invariaveis?

    Comentário por alisson hebert de jesus reis — Fevereiro 18, 2009 @ 22:58 pm

    • pois para dar sentido em uma frase tem que ser uzado esse grau ex;esse e o meu irmao lucas,matheus ,julio,felipe . mais ma formavariavel ou seja a coreta fica :esses sao meus irmaos lucas ,matheus, julio,felipe.

      Comentário por loryy cardoso — Maio 7, 2012 @ 20:25 pm

  2. As palavras são variáveis, precisamente, porque VARIAM (em género,número, grau, tempo, modo, etc.).

    Comentário por Sísifo — Fevereiro 18, 2009 @ 23:19 pm

  3. adoreiii

    Comentário por carla — Abril 16, 2009 @ 22:04 pm

  4. Eu acho que tem muita informaçao embora hà saites que esteijão um bocadinho melhor constituidos. Adoro toda esta infomação. ADOREI

    Comentário por tiago — Maio 21, 2009 @ 22:39 pm

  5. Dígrafo é quando duas letras emitem um único som! Teste os dígrafos dessas palavras: assar, banho, arroz, querido.

    Percebe que ao pronunciar ss em assar, nh em banho, rr em arroz e qu em querido, emitimos apenas um fonema?

    Então, quando isso ocorre, chamamos de dígrafo, o qual compreende o seguinte grupo de letras: lh, nh, ch, rr, ss, qu e gu (seguidos de e ou i), sc, sç, xc, xs.

    Observe as palavras: quente e sequência. A primeira possui o dígrafo “qu”. No entanto, a segunda não compreende um dígrafo, uma vez que a vogal “u” é pronunciada.
    Da mesma forma ocorre com a dupla “cegueira” e “aguentar”. O “u” no primeiro termo não é pronunciado e, portanto, trata-se de um dígrafo, ao contrário do que acontece no segundo termo.

    Portanto, fique atento aos dígrafos “gu” e “qu” seguidos de e ou i!

    Vejamos alguns exemplos de palavras com dígrafos:

    alho = lh
    chuva = ch
    ninho = nh
    carro = rr
    assistir = ss
    águia = gu
    aquilo = qu
    nascer = sc
    descer = sc
    cresça = sç
    exceção = xc
    exsurgir = xs

    Além desses, há os chamados dígrafos vocálicos, os quais são formados pelas vogais nasais seguidas de “m” ou “n” (am, an, em, en, im, in, om, on, um e un): amparar, antigo, lembrar, encontrar, importar, indicar, ombro, onda, umbigo, fundo.

    Interessante: Uma observação que podemos fazer é que toda segunda letra do dígrafo não compreende um fonema, mas sim uma letra diacrítica, ou seja, ela constata que tipo de som deverá ser emitido. Lembre-se também que o “h” não é um fonema, mas uma letra, considerada etimológica, ou seja, que permanece em nosso idioma por uma questão de origem.

    IMPORTANTE: Jamais confunda encontro consonantal com dígrafo, pois no primeiro há o encontro de duas consoantes com sons distintos (cartela=rt) e no segundo, como vimos, há a pronúncia de apenas um som (massa).

    Por Sabrina Vilarinho
    Graduada em Letras
    Equipe Brasil Escola

    Comentário por lucas de freitas — Novembro 4, 2010 @ 20:26 pm

  6. Gostei muito

    Comentário por catarina — Janeiro 18, 2013 @ 18:31 pm

  7. quem axa que estudar e bom faz dos estudo um sonho para al canssar. porque so assim teremos vontade de quer aprender. o bom estudante tambem e aquel que estuda na nete porque eu pelomenos quando tenho duvidas sa vesis comcigo tirar na neti.penssi tambem em fazer sempre vao ver que e muinto bom.

    Comentário por Silascamuamba Camuamba — Janeiro 28, 2013 @ 3:51 am

    • Acho que é verdade o que dizes e que todos devem seguir o teu concelho

      Comentário por beatriz — Maio 1, 2014 @ 11:58 am

  8. NAO FAÇO A MINIMA IDEIA DO QUE SAO ELAS

    Comentário por GRAZI — Fevereiro 27, 2013 @ 19:01 pm

  9. sao coisas intereçantes gostei imenso….

    Comentário por Adolfo — Junho 26, 2014 @ 22:20 pm


RSS feed para os comentários a este artigo. TrackBack URI

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Theme: WordPress Classic. Get a free blog at WordPress.com

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: